O Crítico

ocriticoEl Critico (2013 – ARG) estrelaestrelaestrela1_2estrela_cinzaestrela_cinza

O diretor estreante Hernán Guerschuny começa brincando com a vida do crítico de cinema, faz humor com a reação de diretores às críticas, ou à percepção de cinema do público médio, não esquece de demonstrar que não é das profissões mais bem remuneradas do mundo. Guerschuny dá um tom leve, acusa os clichês da comédia romântica, vende seu filme com um quê indie.

Porém, esse artifício vai até a página 2. Mais adiante, ele resgata todos os clichês criticados, como se o artifício inicial fosse um mea culpa. A ideia inicial se dissolve com personagens que desaparecem, com a precariedade cujo roteiro não consegue evitar. O crítico (Rafael Spregelburd) se apaixona (Dolores Fonzi), se vende ao amor, e à necessidade financeira, e o roteiro tenta tornar tudo isso divertido e romântico.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s