O Túmulo dos Vagalumes

otumulodosvagalumesHotaru no haka / Grave of the Fireflies (1988 – JAP) estrelaestrelaestrelaestrelaestrela_cinza

Pelos traços doces e fantasiosos da animação de Isao Takahata, surge uma das mais duras e tristes histórias da Segunda Guerra Mundial. Baseado no romance de Akiyuki Nosaka, o cineasta japonês que fundou os Estídos Ghibli (com Myiazaki), realizou aqui uma pequena obra-prima. O pai marinheiro na guerra, a mãe morre durante um ataque áereo americano, restam os dois filhos a lutar pela sobrevivênvia. Tempos de guerra, de fome, de dificuldades, de compaixão ausente.

Orgulho e fantasia fazem as crianças tentarem a vida sozinhas, o irmão mais velho cuida da doce irmãzinha. A poucos dias da rendição japonesa, a situação é caótica. Takahata equilibra a miséria humana com a magia infantil, os vagalumes que iluminam as noites, a caixinha de balas de fruta que oferece outros tipos de esperança, a fome que castiga. E você ali, admirado com aquele belo mundo de fantasia, e embasbacado com a sobrevivência desesperada de, apenas, duas crianças.

Anúncios

3 comentários sobre “O Túmulo dos Vagalumes

  1. Pingback: Festival do Rio 2015 |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s