Aniki Bóbó

anikiboboAniki Bóbó (1942 – POR) estrelaestrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinza

Uma daquelas delicias que só o cinema consegue trazer. Leve e desprentesioso, o primeiro longa-metragem dirigido por Manoel de Oliveira trata de um grupo de garotos pobres, da cidade do Porto, década de 40. Trata-se de uma adaptação do livro Os Meninos Milionários, de João Rodrigues de Freitas.

As estripulias na escola, as brigas da molecada, e os amores infantis da juventude, ah os amores que despertam… Tudo captado com doçura, cheio de características que, em breve, marcariam o Neo Realimo Italiano. E Manoel demonstra uma proximidade absurda em retratar essa vida de liberdades de descobertas, a repressão dos adultos (em tempos de Segunda Guerra Mundial, Facismo), das brincadeiras provocativas às últimas consequências em agradar a menina amada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s