Phoenix

phoenixPhoenix (2014 – ALE) estrelaestrelaestrelaestrelaestrela_cinza

Dramaticamente contido desde os primeiros takes. Nelly (Nina Hoss) acaba de sobreviver aos campos de concetração na Segunda Guerra Mundial, rosto desfigurado, única sobrevivente da família. Seu drama maior não é a perda, as cicatrizes das lembranças, a humilhação. Não, o drama maior dessa mulher é de recuperar seu rosto, tal qual era, para que possa ser novamente reconhecida. E reencontrar seu marido alemão (Ronald Zerhfeld), retomar sua vida.

Por essa narrativa contida, e o próprio tom de atuação de Nina Hoss, o diretor Christian Petzold constrói a fascinante história da mulher que si à procura do marido, descobre verdades, ainda assim mantém sua busca. Não é reconhecida por ele, e entra num jogo perigoso, o marido quer ter acesso ao dinheiro da esposa, e pede a ela que aprende a agir como sua esposa. Sim, o jogo de fingir que ela, é ela mesma. Imagine a dor de sobreviver ao horror dos campos de concetração e não ser reconhecida pelo próprio marido?

Enquanto flerta com o cinema clássico de Fassbinder, e essa mulher forte como a protagonita de Vertigo (de Hitchcock), Petzold prepara a armadilha, para o próprio público. Sem nunca sair do tom comedido, surge a cena final. O charme da canção Speak Low, cantada quase em murmúrios, e a desconstrução dos personagens. É o encerramento perfeito de um filme que parecia fadado ao reprimido.“Love is a spark, lost in the dark too soon…”

Anúncios

2 comentários sobre “Phoenix

  1. Pingback: Cahiers du Cinema e Sight & Sound |
  2. Pingback: Top 25 – 2015 |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s