O Último Cine Drive-In

oultimocinedriveinO Último Cine Drive-In (2014) estrelaestrelaestrela1_2estrela_cinzaestrela_cinza

Parece inconcebível que ainda esteja em funcionamento um cinema drive-in, símbolo de uma resistência teimosa, mas também de um charme setentista. O pitoresco local, em Brasília, mantém-se vivo com suas sessões diárias do circuito comercial. O cineasta brasiliense Iberê Carvalho presta homenagem ao espaço, e o transforma em palco de seu primeiro longa-metragem.

A história trata da relação pai-filho, afastados há anos, que se reencontram quando a mãe (Rita Assemany) é internada às pressas. O filho, Marlombrando (Breno Nina) parece ainda mais turrão que o pai, Almeida (Othon Bastos). Enquanto pouco se entendem, o filme apresenta a decadência do lugar, deterioração física, desinteresse do público, os tempos áureos já passaram.

Se os planos de Iberê Carvalho flertam com o artístico, filmando muitas vezes as costas dos atores na imensidão do estacionamento frente à enorme tela, o tom é cada vez mais de comédia popular. Nem personagens tão genuínos, mas a esperança poética de uma ideia que deveria reviver o brilho e o charme do local. O resultado geral é de um filme meramente simpático permeado por essas pequenas homenagens ao cinema pelos posters e supercloses no projetor em funcionamento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s