O Clube

oclube

El Club (2015 – CHL) estrelaestrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinza

Após sua trilogia de histórias na ditadura Pinochet (Tony Manero, Post Mortem e No), o diretor chileno Pablo Larraín mira suas críticas à Igreja Católica. Num pequeno vilarejo praiano, alguns padres e uma freira vivem algo parecido a cárcere privado, semi-aberto, administrado pela própria entidade católica. São religiosos acusados de crimes hediondos: de pedofilia a tráfico de bebês. Aquelas sujeiras que escondemos para debaixo do tapete.Vidas renegadas à penitência, a maneira do Vaticano de proteger sua imagem e se esquivar dos escândalos.

Os dias passam entre refeições, orações, cânticos e a grande atração da casa: o cão vencedor de corridas da cidade. Sim, padres que deveriam estar presos, mas vivem de apostas em corrida de cães. O filme tem sua guinada com a chegada de um novo padre ao “clube”, e um perturbado jovem que à porta da casa provoca com lembranças dos abusos sexuais que este padre teria feito a ele quando criança.

A fotografia obscura, meio nebulosa, lembrando filmes russos (como os de Sokurov), ajudam a complementar o espírito tenebroso da vida, e dos passados obscuros. Chega um novo padre para investigar acontecimentos e os comportamentos, Larraín divide a narrativa em entrevistas e discursos de alto apelo sexual. Expõe em palavras os abusos, provoca o silêncio com que o Vaticano tenta lidar com os “exluídos”. A trama leva os personagens a uma panela de pressão, mas como em seus filmes anteriores, o clímax é subaproveitado. Ainda assim, a conclusão é corrosiva, humana e tão absurda quanto a maneira com que lidamos com a solução de nossas questões.

Anúncios

Um comentário sobre “O Clube

  1. Pingback: Neruda |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s