Chico – Artista Brasileiro

chicoartistabrasileiroChico – Artista Brasileiro (2015) estrelaestrelaestrela1_2estrela_cinzaestrela_cinza

Depois anos após o sucesso do documentário Vinícius, eis o cineasta Miguel Faria Jr novamente retratando um músico com ligações na Bossa Nova. Chico Buarque já foi tema, ou participou, de tantos documentários para cinema e tv, que pouco de novo pode ser acrescentado. E o cineasta simplesmente não inventa nada, joga para a torcida, sabe quem há um público cativo que vai se interessar em (re)ver sobre a vida do multiartista brasileiro.

Por outro lado, é Chico Buarque, e seu bom papo, e as histórias interessantes, ajudam seu dom de manter o papo descontraído e atrativo. É por culpa do documentado que o longa se sustenta, entre alguns clipes musicais (soltos pelo ar), Chico revive sua carreira, fala de exílio, de um irmão alemão que não conheceu, de suas crises criativas. Fala de passado, presente e futuro, sempre sóbrio e divertido, e capaz de trazer alívio a mesmice do filme como um todo. O efeito imediato de sair da sessão é o de querer correr para casa e ouvir seus discos de novo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s