O Abraço da Serpente

oabracodaserpenteEl Abrazo de la Serpiente (2015 – COL) estrelaestrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinza

Um dos indicados aos Oscar de filme estrangeiro, aclamado e premiado em Cannes, o filme do colombiano Ciro Guerra foi um dos grandes destaques do mundo dos filmes de festivais do ano passado. Filmado em preto e branco, em meio a floresta amazônica, tendo duas linhas narrativas, sempre com um índio da região e um cientista europeu, o filme é a antítese de Jauja. Se o filme de Lisandro Alonso tinha na completa abstração, no fantasmagórico, a sua força, o filme de Guerra é sóbrio a cada plano (mesmo quando os personagens tomam chás alucinógenos).

O cineasta colombiano se baseia em relatos do que seria a história verídica desses cientistas, em meio aos índios, em busca de plantas ou outros conhecimentos. O filme tem essa presença forte do xamã, e o embate entre crenças, manter a palavra, e costumes com os europeus, enquanto mostra as influências negativas do “homem branco”. Jesuítas, a imposição religiosa, castigos, os bandidos violentos em busca de borracha, são história bem conhecidas no nosso Brasil, que Guerra recupera numa narrativa palatável, e, ao mesmo tempo, capaz de tornar a experiência de conferir num mergulho por sons e vibrações da floresta Amazônica. Talvez, seja este o grande propulsor de seu sucesso: num tema que sempre afasta o público, ele encontra formas de a plateia conectada com as duas linhas do tempo, tendo no preto e branco a força para reter as atenções nessa relação de desconfiança x necessidade, entre índio e os invasores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s