O Futebol

ofutebolO Futebol (2015 – BRA/ESP) estrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinza

O documentário de Sergio Oksman flutua nesse abstrato universo entre o futebol e o reencontro familiar, e preservar esse ponto de intersecção é o ponto chave que levou o filme a competir na última edição do Festival de Locarno, com boa repercussão. É até tímida a preocupação com o reencontro, com a Copa do Mundo no Brasil, filho (o próprio diretor radicado na Espanha) volta ao Brasil, rever o pai após vinte anos. O pai, um aficionado por futebol, mas aquele à moda antiga, que vive da herança futebolística de décadas passadas, mas ainda mantém a tradição dessa religião.

O futebol, o reencontro, o trabalho do pai e suas questões financeiras, tudo ali retratado frente à câmera, sempre de forma simplória, forma um retrato desse pai reservado, que parece pouco se importar com suas paixões. Por outro lado, após a proposta totalmente exposta, de uma convivência familiar durante a Copa, nada além disso, o filme empaca em seu próprio modelo. Os personagens não parecem tão atraentes, a intimidação da câmera se confunde com veracidade. Em um dos momentos chave, pai e filho vão de carro até as proximidades do estádio onde ocorre um jogo da Copa. O carro não tem rádio, e ficam ali, no meio do subúrbio paulistano, ouvindo a torcida e meio que adivinhando o que acontece na partida. É um pequeno resumo do próprio filme, a paixão cansada do pai pelo futebol, e o filho tateando possíveis compreensões da figura paterna.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s