Francofonia – Louvre sob Ocupação

FrancofoniaFrancofonia (2015 – FRA) estrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinza

É sintomático esperar um Arca Russa versão francesa, dada a relevância do grande filme que Aleksander Sokurov realizou no Museu Hermitage em 2002. Até por isso, Sokurov parte em caminho oposto em muitos aspectos, para essa versão patrocinada pelo próprio museu. Ao invés de contar a história da França, o cineasta russo versa sobre o momento delicado vivido pelo museu, a invasão Nazista durante a Segunda Guerra Mundial.

O próprio diretor assume a narração, divide o docudrama entre imagens de arquivo e tomadas de grandes obras do museu, enquanto traça a história da preservação da arte, uma aliança colaborativa de um general Nazista e o diretor do Museu à época. O resultado final fica muito longe das reflexões existenciais lentas e enriquecedoras de Sokurov, se tornando mais uma diluição de parte das principais características do russo (desde sua linguagem, até seu estudo sobre o poder, e principalmente seu poder com as metáforas). O didatismo imperativo entre discussões sobre a relação arte e poder ou arte e vida, mas terminam genéricas e distantes daquele mergulho hipnótico de seus antigos filmes. Fica o gosto amargo da decepção, e de uma autopropaganda ao museu e à arte que, no mínimo, soa desnecessária.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s