Águas Rasas

aguasrasasThe Shallows (2016 – EUA) estrelaestrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinza

Saudades de um bom filme de tubarão, predador de humanos de forma implacável, com alguns daqueles momentos angustiantes da total incerteza do ataque (ou do momento exato). O diretor Jaume Collet-Serra já tem seu nome solidificado na indústria, suas assinaturas entre o terror e o cinema de ação tem público cativo e dificilmente decepcionam. Um cineasta virtuoso que sabe entregar o que seu público espera, principalmente sequencias de tirar o fôlego.

A trama aqui é coadjuvante, apenas uma desculpa (dessa vez com seus momentos piegas) para levar a protagonista (Blake Lively, que não vai muito além de um biquini) à praia. Ilhada numa pedra, ferida, e com um tubarão rondando a praia após ter encalhado uma baleia (grande sacada do filme para manter o tubarão ativo e no local), Nancy vive seu drama desesperador de tentar enganar para escapar do tubarão implacável. Collet-Serra é bem competente em manter o clima tenso, e em criar imagens impactantes (como no sangue escuro invadindo o mar azul numa tomada aérea).  Ao contrário da maioria dos filmes, o foco é o meio, o diretor está sempre atento aos caminhos para conduzir o recheio dessa história, deixando que início e fim sejam apenas apostos. Mas, afinal, o público está ávido mesmo pela capacidade de Collet-Serra em entreter com tensão angustiante e isso ele entrega de forma eficiente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s