O Ignorante

oignoranteLe Cancre (2016 – FRA) estrelaestrelaestrela1_2estrela_cinzaestrela_cinza

Talvez haja muito do próprio Paul Vecchiali no personagem do ancião Rodolphe (que o próprio diretor interpreta), nesse filme que resgata nove anos de convivência, na mesma casa, entre pai e filho (Pascal Cervo). Rodolphe é rabugento e um longo histórico de mulheres que passaram por sua vida. Ele vive um momento de memórias, algumas dessas mulheres de alguma forma retornam, neste momento, em encontros infortúnios. Mas ele quer mesmo é reencontrar a que foi seu verdadeiro amor (Catherine Deneuve).

Para contar essa história de resgate, de amor e desejo, Vecchiali usa situações nada típicas, que fogem completamente do irracional. A direção de atores é solta, entre o naturalista e o qualquer jeito, tais elementos dificultam o diálogo com parte do público. O resultado assim é irregular. Entre erros e e acertos, Vecchiali oferece momentos bonitos e questionadores, seja na complicada relação pai e filho (sexualidade, desapego da vocação paternalista), seja na relação sensível e indiferente que teve com cada uma das mulheres de sua vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s