Martírio

martirioMartírio (2016) estrelaestrelaestrelaestrelaestrela_cinza

O documentarista e estudioso Vincent Carelli apresenta um dos mais completos estudos políticos da questão indígena no país. Como cinema, não vai muito além de um desses programas televisivos investigativos, com vasto material gravado em aldeias indígenas contrastando com imagens de tv de discursos de políticos (em imensa maioria ruralistas). Não espere indignação da classe política pela desumanidade desses discursos de parlamentares, porque eles acreditam piamente nos interesses econômicos e na necessidade de salvaguardar o lado capitalista e “desenvolvimentista”.

Relembrar a questão indígena é sempre resgatar comportamentos ultrajantes que passam despercebidos pela sociedade e seu dia-a-dia atribulado. Carelli faz um raio-x histórico, desde antes do governo Getúlio Vargas, prova que os presidentes quase sempre pecaram em priorizar o interesse econômico (seja de esquerda ou direita), e o confronto que já se tornou uma guerra civil se coloca como insolúvel e cada vez mais injusto (vide a PEC 215). O diretor nunca escode sua tendência a favor dos indígenas, mas que pessoa em sã consciência não teria tal comportamento?

“O sangue dos índio irriga os 8 mil km desse país”, esse é apenas um dos momentos fortes, de declarações que nos oferecem um choque de realidade quanto a matança indiscriminada. Um governador de estado afirma que vai liberar o uso de armas de fogo pelos fazendeiros, e o ministro da justiça assiste pacato a um absurdo desse tipo, afinal quem é o governador para “autorizar”? Quando analisamos um pouco a maneira que a sociedade brasileira sempre tratou os índios, nos damos conta que nossos problemas de corrupção e interesses escusos são apenas um retrato límpido da sociedade que construímos. Martírio é o estímulo para esse choque de realidade do que estamos fazendo (ou não fazendo) com aquilo que gostamos de bravejar e se chama justiça.

Anúncios

Um comentário sobre “Martírio

  1. Pingback: Top 25 – 2016 |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s