Rock’n Roll – Por trás da Fama

Rock’n Roll (2017 – FRA) 

A crise masculina dos 40 anos, Guillaume Canet optou pelo bom-humor, abriu as portas de sua vida, e entregou essa comédia de ficção, mas tão autobiográfica. Estão lá sua esposa Marion Cotillard, um garoto representando o filho deles, amigos, colegas de trabalho, e a vida deles entre filmagens, fazer a janta, e pegar o filho na escola. O cinema levado para dentro da vida real deles, difícil distinguir o quanto de piada interna, o quanto de invenção e o quanto de verdade há naquele retrato de relacionamento. Pouco importa, os personagens que eles criam, para eles mesmos, refletem tantas semelhanças com qualquer outro casal, e esse bom-humor em retratar a crise de um galã vendo seu trono ruir (ou sua posição na lista de desejados pelas mulheres despencar.

Na segunda metade, o filme perde do humor mais natural, a trama traça um caminho mais ficcional do personagem e Canet não sabe trabalhar tão bem, ainda assim há reflexões interessantes dentro daquele humor ingênuo, de um personagem ingênuo, dentro dessa dificuldade masculina em perceber que aquele tempo já passou e o momento é de descobrir as coisas boas de um novo ciclo. Rock’n Roll é sobre Canet, é sobre ser casado com Marion, e, principalmente, sobre lidar com as mudanças físicas e comportamentais que o tempo impõe sobre todos nós.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s