Em que Tempo Vivemos?

Where Has the Time Gone? (2017 – BRA/CHI/IND/RUS/AFS) 

Essa pergunta respondida com a visão de cinco diretores tendo os países do BRICS como palco. Idealizado e produzido por Jia Zhang-ke, o filme sofre dos maiores males do filme-coletivo. A falta de unidade é tão gritante que é difícil encontrar conexões entre eles. Walter Salles abre com o acidente ambiental de Mariana, é o primeiro a levantar ao mundo a catástrofe ocorrida no Brasil. Da pungência do tema, Salles concentra no drama de uma familia cujo pai acaba sendo um dos desparecidos do desastre.

Jia fecha o filme com uma reflexão precisa da sociedade chinesa atual, a abertura para ter um segundo filho modifica diversas questões sociais, e o filme tem no cerne um casal discutindo sobre a possibilidade de uma nova gravidez, mas não fica apenas nessa única questão. De resto, melhor passar bem longe da amizade de um idoso e um garoto na Índia. Ou insosso do drama de um casal na Rússia, e mais ainda de outra ficção futurista sul-africana.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s