Gimme Shelter | Grey Gardens

Gimme Shelter (1970 – EUA) 

Grey Gardens (1975 – EUA)

Estes são dois dos mais celebrados trabalhos dos irmãos documentaristas americanos Albert e David Maysles, nomes praticamente sinônimos do cinema-verdade. Do estilo marcante deles, em que tentavam apenas retratar, causando o mínimo de influência nos personagens e ambientes, a dupla extraiu filmes fortes, e a possibilidade de refletir sobre questões contundentes. É o caso desses dois retratos em destaque.

Gimme Shelter foca na turnê dos Rolling Stones, em 1969, momento pós-Woodstock, e momentos de tensão com violência e morte em meio a multidão. As imagens se dividem entre parte das performance de Mick Jagger e sua banda, momentos dos bastidores pós-show e cataclisma, e as imagens das confusões e brigas. Mostra um povo americano intolerante, descontrolado, e com um grupo de fortões querendo colocar ordem “do seu modo”. Impressiona a riqueza de material, mas, principalmente a atmosfera de violência que os Maysles conseguem impor com a edição que desconstrói a cronologia.

Grey Gardens trata da surpreendente história de uma tia e prima da ex-primeira dama Jackie Kennedy, que viviam numa mansão tão mau-cuidada que foram notificadas pela prefeitura “limpem e conservem, ou saiam”. Retrato da degradação de uma família da alta sociedade cuja a queda do padrão financeiro apresenta seus resultados, sem que as duas aceitem mudar seu estilo de vida. Restam os gatos, a sujeira, e as histórias da época de ouro. Duas mulheres completamente alheias ao bom senso, que levam sua vida à deriva, beirando o cômico e o manicômio. Os irmãos Maysles escancaram a degradação humana enquanto elas, sem pudor do caos familiar, agem com a naturalidade pueril de quem nunca perdeu a realeza, mesmo que na miséria.

Anúncios