Crisântemos Tardios | O Intendente Sansho 

Crisântemos Tardios (Zangiku Monogatari / The Story of the Last Chrysanthemum, 1939 – JAP)

O Intendente Sansho  (Sanshô Dayû Dayû / Sansho the Bailiff, 1954 – JAP)

Dois melodramas do mestre japonês Kenji Mizoguchi, com estruturas parecidas, além de versarem criticamente sobre aspectos tradicionais da sociedade japonesa. Em ambos os filmes, os personagens são retirados do conforto de sociedades mais abastadas e cruzam o calvário até a redenção social, por mais que o final seja de reencontros trágicos.

No pré Segunda Guerra Mundial, Crisantemos Tardios conta essencialmente uma história de amor. O ator de teatro Kabuki, no século XIX, meio preguiçoso e que não parece ter tanto taleno assim, que se apaixona pela babá de seu irmão. Recriminado pela familia, prefere viver o amor, sendo abandonado e obrigado a sair de casa, enfrentado o calvário da sobrevivência, a mulher se desdobrando de todos os lados até que ele encontre o sucesso.

Intendente Sansho volta ao século XI, com a história de uma familia cujo patriarca era um dos líderes de sua sociedade feudal, mas acaba deposto, a familia separada e todos vendidos como escravos ou virando gueixas. É o filho mais velho quem tem a chance de dar a volta por cima, e o faz de maneira vingativa, pelos mesmos métodos que sofreu como escravo, mas, antes disso, é um filme sobre humilhações inimagináveis, dor e ressentimento, a completa exploração da humanidade.

Mizoguchi olha para o passado para não esquecer dos valores humanos, que muitas vezes seu próprio povo desrespeitou. A redenção sempre vem, mas de forma cruel, como se nunca mais fosse realmente possível  voltar ao equilíbrio anterior. Flerta com o tom de fábula, mas é profundamente doloroso e implacável com a história.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s