Tempo Comum

Tempo Comum / Ordinary Time (2018 – POR) 

Um bebê recém-nascido requer tantos cuidados e atenção integral dos pais que eles não conseguem falar de outro assunto que não seja o parto, as roupinhas, as noites de dormir, o processo de amamentação. Um fascínio autêntico e absolutamente dominante. A diretora Susana Nobre traz a rotina de um desses casos ao cinema, com narrativa singela onde prevalece a calmaria, um casal em Lisboa se desdobra nos cuidados com o bebê. Enquanto isso, a visita de amigos, o convívio com os avós, e as mudanças da rotina do próprio casal com a “novidade”.

O título é perfeito para resumir o filme de Nobre, sem reviravoltas, sem cenas de impacto, são simples diálogos, trocas de experiência, e o mundo que orbita em torno dessa criança. Uma fase de vida comum, de rotinas mais rígidas, de passar todo o tempo em casa, e dentro da repetição de fraldas e atividades, e os eternos problemas conjugais, ainda assim feliz.


Festival: Rotterdã 2018

Mostra: Bright Future

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s