Siti

Siti (2014 – Indonésia) 

Siti é a heroína do dia-a-dia, a mulher que trabalha em dois empregos para sustentar filho, a mãe e seu marido (que não sai da cama após um acidente e praticamente não fala com ela). Num preto e branco charmoso, o diretor indonésio Eddie Cahyono filmas as aguras da vida cotidiana, a relação da sociedade com a opressão militar cotidiana, a questão da mulher protagonista em casa, mas coadjuvante de sua própria vida e até mal interpretada pelo próprio marido. Da beleza da construção dos planos, passando pela opção em fugir do sentimentalismo, Siti é belo pela própria dureza de sua realidade e por como Cahyono consegue condensar tudo na personagem e na melancolia de suas imagens. Um encontro de lirismo e aspereza, de miséria e desesperança, a carência e o orgulho como determinantes para novos rumos dos personagens.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s