Os Refugiados do Barco

Tau Ban No Hoi / Boat People (1982 – HK) 

A história trágica dos refugiados não se acaba, apenas muda de endereço. Se, atualmente, a Europa se divide na questão (Brexit, direita conservadora crescendo, governos sólidos balançando), o filme da diretora Ann Hui fica como um importante registro, um de tantos outros capítulos do drama de refugiados desse planeta.

Entre os anos 70-90, quase um milhão de pessoas fugiram do Vietnã comunista, de barco, para diferentes destinos no Sudeste Asiático (Hong Kong principalmente), ficaram conhecidos como Boat People. O roteiro traz um fotojornalista japonês, levado ao país, para revelar ao mundo como o povo estava feliz e bem tratado, o quanto o país se reestabelecia bem no pós-guerra. Bastou um pouquinho de curiosidade, além do protocolo, para o estrangeiro se tornar testemunha da verdadeira situação social, das influências políticas de um país em frangalhos, e do desespero de uma guerra que deixou resquícios.

Fome, prostituição, instinto de sobrevivência, apenas alguns dos exemplos da miséria humana vivida pelo conjunto de personagens que interagem com o fotógrafo. Execuções, um regime autoritário que se impõe via violência, crianças obrigados a desarmar campos minados. Ann Hui filma o horror através de uma pureza tocante e personagens que facilmente ficarão na memória.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s