Hermia & Helena

Hermia & Helena (2016 – ARG) 

A cada novo filme, o cineasta argentino Matías Piñeiro vai solidificando a construção de um universo particular. Tendo o teatro e a juventude como alicerces desse mundo em que orbitam seus personagens. Já é o seu terceiro filme de referências claras a Shakespeare, com narrativa mansa, e a delicadeza com que reverencia as protagonistas femininas.

Dessa vez, boa parte da trama se passa em Nova York, uma jovem diretora de teatro que também faz as vezes como tradutora. A mistura dos idiomas, o jogo de relacionamentos e amizades, além da narrativa em tempo não cronológico, bastante circular, combinam com essa proposta liberdade e fluxos. Piñeiro abre o filme com uma homenagem a atriz Setsuko Hara (dos filmes de Ozu), e o primeiro plano, bem aberto, de um jogo de futebol relembra seu filme anterior, mas a sensação que fica é de que ele apenas tenta nosso situar, recolando o público dentro desse universo para assim seguir com essa brincadeira de se relacionar a Sonho de Uma Noite de Verão.


Festival: Locarno 2016

Mostra: Competição

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s