Tesnota

Tesnota / Closeness (2017 – RUS) 

Ao norte do Cáucaso, quase divisa com a Geórgia, se situa a cidade de Nalchik na República de Kabardia-Balkaria. Que assim como as famosas Chechenia e Osétia do Norte, ou até mesmo a já independente Ucrânia, segue travando conflitos violentos com a toda poderosa Rússia. É dai a inspiração do estreante Kantemir Balagov.

A filha ajuda o pai na oficina mecânica, à noite o jantar comemorativo para celebrar o noivado do filho. O primeiro tema são as relações familiares, Balagov discute a independência da mulher, através das cobranças e imposições familiares: emprego masculino, casamento, seguir as convenções sociais. De outro lado, um sequestro expõe o seio familiar ao desespero de perder tudo que tem em prol da liberdade do filho. E como a sociedade reage a uma crise como essa. Por fim, a questão militar, os rebeldes da região ocultos no dia-a-dia, tesnota significa proximidade, e coloca tudo tão de seus personagens, enquanto a câmera busca inspiração nos Dardenne, em planos-fechados, e uma vivacidade de quem inspira cinema como parece ser o início de Balagov. Interessante, por mais que seja difícil manter o ritmo narrativo o filme todo.


Festival: Cannes 2017

Mostra: Un Certain Regard

Prêmio: Fipresci

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s