O Estranho

The Stranger (1946 – EUA) 

Pouco celebrado atualmente, este filme noir de Orson Welles veio logo após o fim da II Guerra Mundial. No roteiro, um detetive da comissão de Crimes de Guerra (Edward G. Robinson) investiga Nazistas que fugiram e tentam se camuflar na sociedade americana, após o desaparecimento de um suspeito recém-chegado aos EUA, acaba na cola de um professor universitário (o próprio Welles) prestes a se casar (Loretta Young) numa cidade de Connecticut.

Ainda que seja um trabalho de brilho restrito, até convencional em alguns pontos (narrativa, credibilidade do personagem central, o discurso Nazista didático), o segredo da trama é como Welles a torna sufocante, principalmente quando o detetive encurrala a noiva, em busca das confirmações de sua suspeita. Além, é claro, da beleza do noir, o branco e preto, e as sombras, sempre auxiliando no clima de suspense do filme.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s