Meu Tecido Preferido

Mon Tissu Préféré / My Favorite Fabric (2018 – FRA) 

O mais curioso no filme dirigido por Gaya Jiji é como trata a sexualidade feminina através de uma garota do subúrbio de Damasco, Síria. Nahla, e também suas irmãs, buscam marido, mas a jovem tem seus instinto sexuais aguçados, ela sonha com um homem, seus desejos parecem estar um tom acima do normal. A ponto de sentir fascínio e buscar aproximação com a vizinha que transformou seu apartamento num discreto prostíbulo.

A narrativa até insinua cenas de nudez e sexo, mas estão bem longe de ser o foco, Jiji está mesmo desenvolvendo a complexidade de Nahla e sua versão romanceada do desconhecido aguçado por sua libido. Soa mais interessante pela liberdade com que explora o corpo e não trata apenas apenas e desejo como um mero conto de fadas.


Festival: Cannes 2018

Mostra: Un Certain Regard

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s