Um Dia

Egy Nap / One Day (2018 – HUN) 

É meio enlouquecer a proposta desse filme hungaro em acompanhar 24 horas na vida de um casal, com três filhos. As questões financeiras, o casamento desgastado, e a rotina com as crianças (comer, brincar, escola, levar, buscar, educar, colocar de castigo, tratar da febre, etc). Dirigido por Zsófia Szilágui, o filme é tão intenso e dinâmico quanto o mar de possibilidades e vontades a serem preenchidas. O foco está na mãe, professora de italiano, mas é quase um documentário de qualquer casa com três filhos.

Facilmente identificável com pais de todo mundo, e desgastante a qualquer um por se colocar na pele daqueles adultos e com tantas demandas para controlar, o tempo todo. A câmera, quase sempre, está próxima das crianças, ou em planos fechados na mãe, o que deixa tudo mais claustrofóbico, ou fraternal, algumas vezes até amanhoso. É uma experiência interessante, amorosa em alguns momentos e angustiante em outros.


Festival: Cannes 2018

Mostra: Semana da Crítica

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s