Fourteen

Publicado: fevereiro 13, 2020 em Cinema
Tags:

Fourteen (2019 – EUA)

Interessante como o diretor Dan Sallitt dá protagonismo à melhor amiga, uma espécie de voyeurismo da destruição psicológica de quem seria, normalmente, a protagonista da história. Se coloca como um filme pequeno, essencialmente pacato, estabelecido através de muitos diálogos, e dessa visão de camarote de uma jovem cuja carisma e autoconfiança vão se diluindo com o passar do tempo.

Uma década de amizade e os vai e vem da vida diminuem o ritmo do contato pessoal, mas nunca o grau de intimidade delas, por meio de elipses o filme faz notar os estágios avançando da depressão, e como a amiga faz o que pode para dar suporte, enquanto tenta levar sua vida cotidiana. Fica esse sabor interessante de sempre acompanhar uma personagem cuja vida se desenvolve, mas toda a carga dramática do filme está na coadjuvante que nem sempre se encontra na tela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s