Suor

Publicado: outubro 17, 2020 em Cinema, Mostra SP
Tags:

Sweat (POL/SUE, 2020)

O começo é cheio de brilho, alto-astral, glamour, tal como parecem as vidas de todas as celebridades. A camera é quase claustrofica, quase sempre focada no rosto da influencer de ginastica. Como se fossemos mais um de seus seguidores avidos por nao só acompanhar seus videos, mas estar coladinhos em sua vida.

Todo esse glamour se desfaz quanto mais tempo passamos em sua vida privada. A melancolia da solidão, a inveja de até a mae ter um namorado, o vazio que a vida de influencer tem por trás de seus vídeos. Tudo isso é bem positivo no filme de Magnus von Horn, mas ele quer ir até mais fundo, deixar seu filme mais dark, um stalker, alguém para preencher seu vazio, entrevistas agressivas que oferecem palco para os discursos que o filme tanto queria pregar. O pesar demais nas tintas depoe um pouco contra ao interessante retrato dessa vida de beleza e glamour que atrai pessoas ou sentimentos vazios.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s