Minari

Publicado: abril 23, 2021 em Cinema
Tags:

Minari (2020 – EUA)

O filme semi-autobiográfico de Lee Isaac Chung é um conto sobre imigrantes coreanos vivendo o sonho de prosperar na América nos anos 80. Muita luta, muita esperança e muita dor marcam a trajetória dessa família cujo pai arrisca tudo em uma fazenda no interior do Arkansas. Outro importante tema é adaptação, já não basta o país novo, o idioma, a ausência de familiares e amigos, o novo desafio de estar longe da todos parece o desquilibrio que faltava para desestabilizar o núcleo familiar.

Chung prefere dar espaço a todos os membros da família, claro que guardando o tom fofo do filme para priviliegiar o garotinho (seu alterego), mas todo filme tem esse ar de ternura e melancolia, de esperança e de inocomodo, que fica mais evidente nas discussões do casal e na chegada avó. É um filme que mira sempre no belo, na coisa mais sagrada da união familiar, e aproveita da ingenuidade desse pequeno garoto para oferecer alívio ao drama financeiro que acaba contaminando a vida dos adultos. Não me parece um cinema empolgante, apenas delicado, íntimo e apimentado com algumas molecagens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s