Prazer em Roubar

Publicado: maio 20, 2021 em Cinema
Tags:

The Pleasure of Being Robbed (2008 – EUA)

Sim, a personagem central é uma cleptomaníaca, e esse prazer em roubar é o fim condutor do jovem estreante Josh Safdie (assina ainda sem o irmão), mas a impressão é de que o filme utiliza essa “hábito” como maneira de facilitar a compreensão desse espírito-livre que anda pelas ruas de Nova York fuçando em bolsas, roubando despreocupada, talvez aguçada pela curiosidade. Muita câmera na mão tremendo, imagem granulada, e a sensação de testemunhar essa liberdade misturada com solidão. Poderia ser um coming-of-age tardio, mas nem isso, é apenas o acompanhamento desse fluxo irresponsável em frequente movimento, e o exercício de um cineasta, que nem terminaram seus estudos, mas já fincava um estilo que só se confirmou como um dos mais interessentes do cinema indie americano atual.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s