Happy Hour

Publicado: julho 26, 2021 em Cinema
Tags:

Happy Hour (2015 – JAP)

Como numa boa novela contemporânea, o cineasta japonês Ryusuke Hamaguchi dá espaço para dramas cotidianos se desenrolarem de maneira palpável. São mais de cinco horas onde mergulhamos nas vidas amorosas de 4 amigas de maneira singela, numa tão sabida sociedade japonesa ainda machista. Divórcio, gravidez, traição, liberdade, decepção, carreira, filhos, as questões são as mesmas de sempre, a diferença é que Hamaguchi é um artesão dessa construção de personagens e diálogos críveis, em seus silêncios, em adiar conflitos que estão nítidos.

Parte da beleza talvez esteja no impulsivo, que nos faz mais humanos, os comportamentos de cada uma delas ecoa num espectro esperado, mas há um limite que nada mais é que um grito de socorro, de liberdade, e o inesperado desconcerta. Uma delas está em processo de divórcio, o marido não aceita, mas a coragem de enfrentar funciona também como chacoalhada na zona de conforto de todas elas. Com o passar das horas o filme vai deixando os homens cada vez mais frágeis, quem sabe um gesto indicativo de mudanças na sociedade contemporânea.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s