Piedra Sola

Publicado: julho 29, 2021 em Cinema

Piedra Sola / Lonely Rock (2020 – ARG)

Norte da Argentina e Chile, sul de Peru e Bolívia, e ainda um pedacinho de Brasil, por ali fica locais turísticos conhecidos como o Atacama e Salar do Yuni. É uma região onde as fronteiras entre os países nem fazem sentido, há até uma bandeira própria para a região, uma maneira de chamar o continente que não América, um movimento para criar um Estado independente. Muitas crenças e tradições, talvez o povo indígena mais presente da região sejam os aymaras (Evo Morales é um deles). Quem viajou por essas bandas vai entender melhor tudo isso.

Quando se viaja por esses pontos o que mais chama atenção é a beleza da natureza, os Andes, o pôr do sol. Exceto nas cidades maiores, quase nao se vê pessoas, espalhados por lugares inóspitos, em alta altitude. O filme é um pequeno mergulho nas pessoas, sem abandonar a natureza. Os pequenos fazendeiros que vendem carne de lhama, o puma que tem matado animais e eles discutem como lidar com ele, um funeral. As cores vibrantes da região, seus tons de marrom são substituídos por uma paleta de cinzas, pelos planos fechados nos rostos cujas marcas da vida escassa são marcantes. É um daqueles documentários pacatos, observacionais, que tenta resgatar o dia-a-dia com um mínimo de interferências nessas vidas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s