Não Há Mal Algum

Publicado: agosto 24, 2021 em Cinema
Tags:

There Is No Evil (2020 – IRA)

Pena de morte, tão absurdo para alguns, a solução exemplar para punir e servir de lição para outros. O cineasta iraniano Mohammad Rasoulof sempre prezou por um cinema humanista, aqui ele constrói seu filme a partir de 4 histórias independentes, mas que tem sempre em comum o questionamento de como a pena de morte influencia os intimamente ligados a ela.

Com tons diferentes entre sim, as duas últimas, por exemplo, são melodramas bem tradicionais, Rasoulof é mais feliz no conceito, no mostrar o lado de quem fica, dessa forma indo além da discussão sobre um ser humano julgar a vida/morte de outro humano, seja lá qual crime tenha cometido. Se esse conceito é interessante, e funcional (dentro dele ainda há o serviço militar obrigatório), o filme, como um todo, é bem simplório (ainda que haja planos-sequencias nos corredores da segunda, ou o voyeurismo na primeira, que ajudem a quebrar o totalmente acadêmico), e até arrastado, se valendo unicamente do conceito como tripé para se estabelecer como obra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s