Roda do Destino

Publicado: outubro 17, 2021 em Cinema
Tags:,

Wheel of Fortune and Fantasy / Guzen to Sozo (2021 – JAP)

Ryusuke Hamaguchi vai consolidando sua carreira no mundo dos festivais, depois do sucesso de Happy Hour, com filmes repletos de diálogos, protagonismo de personagens femininas e uma temática direcionada para relacionamentos que tem refletido em muitas comparações com o cinema de Rohmer e principalmente Sangsoo.

O filme é dividido em três histórias, sempre com boas doses de coincidências, segredos e mentiras, tensão sexual e, claro, relacionamentos amorosos, especialmente brincando com a substituição ou com a máxima do “e se”. Em todas há uma necessidade de um plot twist, uma surpresinha que pode funcionar bem na ideia, mas de longe é na terceira delas que tudo se encaixa melhor. Hamaguchi tem uma capacidade especial de envolver, rapidamente surge conexão com todos seus personagens, seus pequenos dramas e solidões. Seu charme está mesmo nessa teia que constrói rapidamente entre diálogos e ambientes meticulosamente calculados para soarem levemente frios.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s