Duelo

Publicado: novembro 12, 2021 em Cinema
Tags:

Duelle (1976 – FRA)

Um diamante mágico que dá o poder de controlar o planeta. O embate entre a filha do sol e a filha da lua por esse anel mágico. Um noir nonsense, kitsch. Sedução, jogos de cartas, investigação. A trama confusa nos deixa ainda mais interessados em como Jacques Rivette filma tudo isso. Esse encontro com o que marcaria a carreira Lynch, e o estético que me faz lembrar Fassbinder, me causou um inesperado e absurdo fascínio porque se Rivette deliberadamente cria um noir fantasmagórico e surrealista, e o faz com um conjunto de cenas e construções de beleza rara.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s