Unrelated

Publicado: novembro 27, 2021 em Cinema
Tags:

Unrelated (2007 – RU)

Joanna Hoog vem se firmando pelos festivais de cinema como uma das principais diretoras britânicas da atualidade. Seus quatro longas-metragens já formam uma sólida carreira marcada por personagens burgueses, em dramas de relacionamento. O maior destaque foi seu último trabalho, The Souvenir, escolhido melhor filme na seção World Cinema Dramatic, em Sundance, narrando a história de uma jovem diretora sofrendo em seu relacionamento com um homem mais velho. Exibição trata a história de um casal de artistas em crise conjugal, o filme é ainda mais lento e minucioso, mas é interessante como Hoog explora todo o espaço do apartamento, dosando drama e arquitetura.

Esse aqui é sua estreia no cinema, sobre uma mulher infeliz no casamento, que vai tirar férias na Toscana com a família de uma amiga. Lá se aproxima dos jovens, joguinhos alcoolicos, confissões, pular na piscina de madrugada. O clima de tensão sexual se eleva, e as irresponsabilidades batem à porta com suas consequencias. É um filme que já indicava a predileção pelas crises conjugais, pelo viés feminino, e os primeiros sinais de um estilo narrativo que a cineasta foi “radicalizando”. Me parece um filme mais solto, menos preocupado em ser tão “artístico”, com diálogos que combinam bem a diferença de idade e a sensação de liberdade, de rejuvescimento da mulher infeliz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s