A Nossa Espera

Publicado: janeiro 19, 2022 em Cinema
Tags:

Nos Batailles / Our Struggles (2018 – BEL)

A câmera à la Dardennes é fundamental em potencializar a urgência com que o personagem central trata qualquer tema (a veia sindicalista, a relação com filhos, a relação com a irmã, o trauma sobre o pai). E essa urgência que o cega a ponto de não perceber as aflições de sua esposa, que simplesmente os abandona. Dali em diante estamos à mercê desse personagem, lidando com os problemas, à sua maneira, talvez incapaz de parar um instante, o trator com que lida contudo segue ligado e seguindo em frente, por isso a dificuldade em compreender qualquer coisa que não seja o que ele pensa.

Não deixa de ser um filme carinhoso e otimista, o diretor Guillaume Senez oferece muito espaço para que as imperfeições do protagonista possam ser assimiladas. É um daqueles filmes que não contextualiza muito, que quer flagrar aquele momento e dele catapultar emoções, que lida com a familia como o alicerce, mas também a base dos problemas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s