Posts com Tag ‘É Tudo Verdade’

fogonomarFuocoammare (2016 – ITA) estrelaestrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinza

O nome do documentarista italiano Gianfranco Rosi já se coloca como queridinho dos festivais. Seu trabalho anterior, Sacro GRA, ganhou o Leão de Ouro (Veneza, 2013) e este mais recente trabalho foi consagrado com o Urso de Ouro. É muito sucesso para o restrito mundinhos dos festivais. Se bem que a vitória deste ano é bem entendível, afinal Berlim gosta dessa pose de “festival de temas políticos”, e  o tema da imigração na Europa é dominante nos noticiários, discussões, a ponto de estar criando absurdas movimentações políticas.

Rosi vai a uma pequena ilha italiana que fica mais próxima da África, do que do continente europeu. Portanto, fácil aos imigrantes desesperados fugirem em navios superpopulados, sem comida, e nenhum conforto. É a luta por sobrevivência. O cineasta retrata uma pequena família, cria assim um paralelo entre os nativos e os que chegam, entre as pequenas curiosidades de um adolescente siciliano, e os corpos exauridos dos mortos-vivos que naufragam nas embarcações que cruzam o Mediterrâneo.

Sua abordagem é típica de seu cinema, observacional,  aqui então é como se a câmera nem existisse, numa forma de trazer o público para dentro da realidade pacata, de gente comum. A riqueza maior está mesmo nos poucos detalhes cotidianos dessa vida local, como se o filme sobre imigração ilegal fosse colocado de lado e a filmagem se deixasse levar por esse cotiadino simples, meio ingênuo que sofre os impactos caóticos dos que só almejam sobreviver.

sobreviventesdegalileiaSobreviventes da Galiléia (2014) estrelaestrelaestrela1_2estrela_cinzaestrela_cinza

Neste curta Coutinho reencontra, 30 anos depois, dois dos personagens do seu lendário trabalho (probibido pela ditadura que foi revisitado na década de oitenta e virou Cabra Marcado). Trata-se de um simples reencontro de amigos. Abraços, sorrisos, recordações, nada demais, além do contexto histórico da filmografia, e da própria importância a vida de Coutinho.

 

 

afamiliadeelisabethteixeiraA Familia de Elizabeth Teixeira (2014) estrelaestrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinza

Indo além do curta, esse média-metragem resgata a mais importante personagem de Cabra Marcado. Elizabeth Teixeira, ao longo do seus lúcidos 88 anos. A história de sua vida e da de seus filhos, exílio, separação, saudade. Tragédias aos montes, com irmãos que mataram irmãos, lembanças do marido e da Liga Camponesa. De forma tão simples Coutinho vai montando o retrato de uma mulher lutadora, tão fria e tão carinhosa, uma pessoa cheia de imperfeições e o quanto a ditadura e a ideologia (ela e do marido) trans formaram completamente a vida dessa família. As filhas isoladas no Rio de Janeira, a neta professora de história que ajuda a resgatar o passado. O tempo exiliados em Cuba, e Coutinho montando o quebra-cabeças entre fotos e seuas lembranças.