Posts com Tag ‘James Ponsoldt’

the_spectacular_nowThe Spectacular Now (2013 – EUA) estrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinza

Em seu primeiro filme (Smashed) o diretor James Ponsoldt retratava um casal tão alcoólatra que um deles percebe que, mesmo apaixonados, o único caminho é a separação. Dessa vez ele regride alguns anos, o foco é o jovem Sutter (Miles Teller), um típico adolescente pré-faculdade, festeiro, divertido, e bebedor compulsivo. No processo de perder a namorada (Bire Larson) e começar a sair com a reservada (Shailene Woodley), seu desejo de encontrar com o pai (Kyle Chandler) fica mais latente. E, vovamente é o álcool a grande mola propulsora da trama.

Cartas à mesa, James Ponsoldt não consegue nem a profundidade do drama familiar, e muito menos o romance indie a que se propõe. Quer tratar o assunto a sério, mas de forma natural, neutra, sem grandes abalos. Parece antagônico, é o espírito do cinema indie americano, e a necessidade de alertar aos perigos da juventude americana. Outro da decepcionante safra de Sundance 2013.

Smashed

Publicado: abril 5, 2013 em Cinema
Tags:, ,

smashedSmashed (2012 – EUA) estrelaestrelaestrela1_2estrela_cinzaestrela_cinza

Eles bebem sem limites, e compartilham esses momentos felizes. Ele (Aaron Paul) ainda pode curar a ressaca em casa, trabalhando como jornalista freelancer. Ela (Mary Elizabeth Winstead) encara uma sala de aula, enfrentar a ressaca não é tão fácil assim. James Ponsoldt é mais um a trazer o alcoolismo ao cinema, e o faz sem novidades, sem brilho, o medíocre simpático.

Entre a atitude de perceber o buraco em que se enfiando e buscar ajuda, há o abismo entre o casal. Ela encara o AA, e a relação vive sobre desgaste, obviamente. Ponsoldt narra essa busca por “redenção” , sempre louvável,  sempre ingrata. Só não conseguem ir além do “mais do mesmo”, uma reunião do AA aqui, uma briga de casal ali, a incompreensão da sociedade pelo erros cometidos. Enfim, Ponsoldt refilma o drama alcoólatra, correto, e repetido.