Posts com Tag ‘Kim Bassinger’

lacidadeproibidaLA Confidential (1997 – EUA) estrelaestrelaestrelaestrelaestrela_cinza

Encantador esse filme policial, à moda antiga, dirigido por Curtis Hanson. Seu resgate ao cinema noir, com roteiro brilhante (baseando em romance de James Ellroy) e elenco competente são a fórmula infalível para a trama ambientada na década de cinqüenta nos EUA. Com direito a corrupção da polícia, prostituição de luxo, contrabando de drogas e disputas de gângsteres.

Bud White (Russel Crowe) é o policial durão e truculento que coloca medo em todo mundo. O jovem, e ambicioso, Ed Exley (Guy Pearce) faz o estilo inteligente e que segue as leis à risca, mesmo que seja necessário dedurar  companheiros que não seguem as leis. Há ainda o policial popstar, Jack Vincennes (Kevin Spacey), que adora as manchetes de jornal e o jornalista Sid Hudgens (Danny DeVito) que vende a alma por um furo. Na noite de Natal, os policiais fazem uma festinha na delegacia, e após beber um pouco, decidem tirar satisfações com alguns presos suspeitos de terem agredido companheiros da corporação.

O resultado da bebedeira é um massacre aos presos, que acaba sendo flagrado pela imprensa. A noticia cai como uma bomba, a reviravolta no departamento é inevitável. Um dos bodes expiatórios é o parceiro de White, que dias depois morre numa chacina. Toda a força policia volta-se para o caso, que será liderado por Exley e White, e juntos ajudam a ruir um castelo de cartas de esquemas descobertos, policias corruptos desmascarados, forte esquema de prostituição (destaque para prostituta interpretada por Kim Bassinger, que se veste como Veronika Lake) e assassinatos para queima de testemunhas. Hanson é sagaz, e o roteiro também, em construir os protagonistas e coloca-los sob pressão, em obrigá-los a ir além de sua “ética” pelos fins necessários. Enquanto isso o filme hipnotiza com charme e elegância, seja pela direção de arte precisa, seja pelo clima esfumaçante entre tantas intrigas e reviravoltas, na cidade onde o glamour esconde as verdades podres.

Anúncios

umhomemforadeserieThe Natural (1984 – EUA)  estrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinza

Os princípios de um homem não podem ser comprados, cada um tem os seus e não há preço para que eles possam ser violados, não importa o que tiver acontecido com a pessoa, o passado não consegue quebrar os princípios de ninguém. Este filme tenta passar esta idéia, utilizando-se de um grande elenco e um fraco roteiro, além de mostrar os sonhos juvenis de tornar-se um esportista de sucesso.

Roy Robbs (Robert Redford) é um jovem e promissor jogador de beisebol. Mora em uma fazenda, e aprendeu a amar o esporte com seu pai que morreu cedo. Ele é convidado a fazer teste em uma equipe, e parte para seus sonhos deixando sua namorada de infância Iris Gaines (Gleen Close). Na viagem, conhece o jornalista Max Mercy (Robert Duvall), e uma misteriosa mulher. O jovem se encanta pela moça, que lhe arma uma armadilha, e ele acaba tomando um tiro.

Passados 16 anos, Roy é contratado por uma equipe profissional que está em péssima situação. Sem nenhuma experiência profissional, ele é boicotado pelo técnico Pop Fisher (Wilford Brimley). O técnico é também um dos donos da equipe, mas tem um acordo com um dirigente, e precisa ser campeão, ou perderá os direitos sob a equipe. No dia em que Roy tem sua chance, ele prova seu talento e levanta toda equipe. Ganha fama repentina, e um novo affair: a exuberante Memo Paris (Kim Bassinger).

A convivência com a moça, e as noitadas, fazem-no perder rendimento, e a equipe afunda com ele. Até o dia em que ele reencontra Iris, seu antigo amor de infância, chance de nova guinada em sua vida. O roteiro pesa forte no conto moral, na ideia dos princípios-de-um-homem-não-podem-ser-comprados. Piegas, melodramático, morno, está longe dos trabalhos mais alardeados do diretor Barry Levinson.