Posts com Tag ‘Nina Hoss’

Something To Remind Me

Publicado: maio 9, 2021 em Cinema
Tags:,

Toter Mann / Something to Remind Me (2001 – ALE)

Christian Petzold cada vez mais cativanete nessa arte de nos intrigar. Uma mulher misteriosa, que foge de qualquer aproximação, de flertes, de qualquer relação social que possa trazer um traço de intimidade. Tentamos adivinhar seus segredos: foi magoada por um homem? Está fugindo de um? É uma criminosa foragida?

Quem se aproximada dessa bela mulher na piscina é o advogado tímido, e quanto mais ela se esquiva, mais ele se demonstra interessado, como desafiado a vencer as próprias barreiras intransponíveis de suas dificuldades. Se você está achando que é apenas um filme sobre uma história de amor, então passou longe.

A primeira parte da trilogia Fantasmas de Petzold guarda segredos na simplicidade até deixar o público atônito quando tudo for revelado. O primeiro grande filme do cineasta alemão foi feito para a tv,mas os produtores se admiraram tanto com o resultado que acabou sendo lançado nos cinemas, mais que justo, a interpretação de Nina Hoss valia as telas grandes.

ohomemmaisprocuradoA Most Wanted Man (2014 – EUA) estrelaestrelaestrela1_2estrela_cinzaestrela_cinza

Só mais um thriller envolvendo terroristas e Islamismo. Quanto mais se desenvolve a trama, mais difícil de engolir se torna. O filme é todo passado em Hamburgo, imigrante ilegal da Chechênia, serviço de inteligência alemão e americano em conflito, o cinema não precisava de mais uma dessas histórias. Mas, Anton Corbijn filmou cheio de esmero, cores fortes contrastando o clima frio alemão, e achou que levar vários nomes de peso para a Europa seria uma saída comercial.

Um dos últimos trabalhos de Phillip Seymour Hoffman, por isso o filme ganha um interesse além do merecido. Ele é o chefe da inteligência que segue o imigrante, só que o alvo é outro, gente graúda da ONU. Ainda há espaço para envolver um banqueiro e uma advogada (eterna boa-samaritana). Seria apenas chinfrin se não fosse os caminhos finais do desfecho.  O livro de John Le Carré pretendia unir tantos bons-samaritanos num suspense sobre Al-Quaeda?

Barbara

Publicado: novembro 30, 2012 em Cinema
Tags:, ,

barbaraBarbara (2012- ALE)

O filme não engata, a direção elegante de Christian Petzold, escondendo mais do que necessário para que o público possa preencher as lacunas, não permite que a história vá além de uma arredia médica (Nina Hoss) contrariada com seu novo posto de trabalho e louca para migrar para o lado ocidental da Alemanha. A vida nos anos 80 da Alemanha Oriental, um médico tentando seduzi-la e uma estranha ligação com alguns pacientes, sobra elegancia no trato e falta contundência e paixão numa trama que pretende falar de política velada e deixar tudo para que os sentimentos decidam o caminho da protagonista.