Posts com Tag ‘Oskar Werner’

Jules et Jim (1961 – FRA) estrelaestrelaestrelaestrelaestrela

Um filme sobre o amor livre? Adaptando o livro de Henri-Pierre Roché, o cineasta François Truffaut revive a Paris da Belle Époque com toda sua efervescência, o mundo das artes impulsionando jovens pelas ruas, cafés e boates. Transpirando um mundo de descobertas, de pontos de vista, opiniões defendidas com afinco e uma soberba compassível. A ebulição parisiense transcendendo aos corações que quase nos enganam em não sofrer.

Um narrador em ritmo quase alucinante apresenta o início da sólida amizade entre o francês (Jim – Henri Serre) e o alemão (Jules – Oskar Werner) nos primórdios do século XX. Inseparáveis, essa amizade de tão intensa, chega ao ponto de não ferir o amigo ser a maior preocupação quando cada um defende sua pátria na Primeira Guerra Mundial. Truffaut resgata a suavidade das relações e a fragilidade dos sentimentos no encontro desses três, Jules conhece Catherine (Jeanne Moreau), se apaixona, é o primeiro sinal de ruptura da estrutura, ele pede ao amigo “ela não”.

O triângulo amoroso é inevitável, Catherine é um espírito livre, Jules e Jim mantêm a amizade como uma rocha. Nasce um relacionamento tão complexo e sem fronteiras, Truffaut mantém o ritmo narrativo acelerado, impõe a efervescência de Paris a esse estranho caso de amores faceiros, de instabilidade harmônica, de uma trama envolvendo liberdade e a completa ausência da sensação de posse. Mas também brinca com congelamento de imagem, ou a sutileza da liberdade na corrida na ponte, se não são vidas sem limites, ao menos são sensações ilimitáveis.