Posts com Tag ‘papa’

Habemus Papam (2011 – ITA)

A idéia de Nanni Moretti foi genial para uma comédia, um papa que ao ser escolhido entra em crise existencial. Mote perfeito para a entrada de um psicólogo (o próprio Moretti) no Vaticano, combustível para sátiras, provocações e humor requintado (“então é aqui que são guardados os remédios que não chegam a Roma”). A situação se estende, o papa parte numa busca por suas memórias, por identificação e autoconhecimento, enquanto o psicólogo socializa com os cardeais, promove inimagináveis torneios esportivos (imagine os velhinhos jogando vôlei dentro do Vaticano, começa divertido, mas passa do ponto. Aliás, o filme todo é cercado de aspectos esportivos, logo no começo os cardeais se encaminham para a votação de escolha e as famosas cores das fumaças e um jornalista tenta os entrevistar como se fossem jogadores de futebol chegando no estádio perfilados a caminho do vestiário).

Passada a genialidade da idéia, o filme se divide nesse psicólogo que parece saído de um filme de Woody Allen obcecado por torneios absurdos, e do peso do drama pessoal do papa (Michel Piccoli) que parece carregar a dor do mundo em suas costas, explosivo (e até mal-educado) querendo encontrar no teatro algum alento para sua vida. Nanni Moretti perde a mão, o drama se torna aborrecido (e não convence), a sátira passa do ponto, e ficamos com o gosto daquele adoçante que começa doce e termina com um gosto meio amargo na boca pelo resto do dia (amargo não, apenas decepcionante).