Posts com Tag ‘Paul Greengrass’

22 de Julho

Publicado: novembro 26, 2018 em Cinema
Tags:,

22 July (2018 – NOR/EUA) 

O novo filme de Paul Greengrass não vai muito além do correto. Narra os detalhes finais do plano do extremista que planegou o ataque combinado (bombas em Oslo e o tiroteio num acampamento de jovens numa ilha). Somados, os ataques causaram mais de 70 mortes e, obviamente, horrorizaram a sociedade norueguesa e mundial.

No meio de tantas vítimas, o roteiro dá mais foco na história de dois irmãos, um deles muito prejudicado pelos disparos, e a necessidade de meses em recuperação. Enquanto isso, o filme tenta decifrar um pouco do personagem que preza pela intolerância, o autoritarismo e outros comportamentos que a extrema-direita tem pregado na Europa nos últimos anos. Além do resgate da discussão sobre comportamentos humanos em que a violência é a forma encontrada para oprimir ideologias retrógradas e fanatismo intransigente, Greengrass não escapa da obviedade cinematográfica.


Festival: Veneza 2018

Mostra: Competição Principal

Capitão Phillips

Publicado: novembro 18, 2013 em Cinema
Tags:,

capitaophillipsCaptain Phillips (2013 – EUA) estrelaestrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinza

Muitas coisas para criticar no filme de Paul Greengrass, mas, verdade seja dita, ele conduz o clima de suspense e tensão perfeitamente, durante a adaptação dessa história real sobre um navio de contêineres sequestrado por piratas somalis. Seu mérito é também a razão de existência do filme, por isso que as críticas podem diminuir o quanto se goste, mas ele funciona.

A câmera que treme mais que ataque epilético, a trilha sonora berrando, desnecessariamente, em nossos ouvidos (principalmente na cena final, que todos afirmam trará novo Oscar a Tom Hanks), o ritmo lento, sem necessidade, até que surja o navio com somalis perseguindo a embarcação Maersk Alabama, a maneira de bom samaritano com que Tom Hanks age contra os piratas (se bem que, talvez eu também fizesse tudo que eles quisessem numa situação dessas).

capitaophillips2Situação da Somália, pobreza e fome, pouco importam ao filme, o foco é mesmo o navio, perseguições, metralhadoras, um filme de ação oriundo de uma história real. Greengrass não nos faz o favor em nos deixar longe de suas manias de filme de ação banal, porém quando a tensão chega aos extremo, com marinha dos EUA e tensão no último, os cortes exagerados e a edição acelerada contam a seu favor, deveria ele ter dirigido só essa fase do filme. E os coadjuvantes somalis estão ótimos, destaque especial a Basrkhad Abdi, mas todos tem aquela coisa no olhar de provocar arrepios.