Posts com Tag ‘Tribeca’

ojmadeinamericaO.J.: Made in America (2016 – EUA) estrelaestrelaestrelaestrelaestrela_cinza

E 2016 é o ano de se reviver o caso O. J. Simpson, que já foi tão explorado desde a fuga que revolucionou as transmissões de tv em 1994. Primeiro o sucesso do seriado do canal FX, The People vs O.J. Simpson: American Crime Story (que teve Cuba Gooding Jr e outros astros), e agora é a vez da ESPN lançar um documentário que está dando o que falar. Foi exibido no Festival de Tribeca, e durante uma semana nos cinemas nos EUA. Portanto, apto a se inscrever ao Oscar, e já pinta como virtual vencedor da próxima edição do prêmio.

Dirigido por Ezra Edelman, e com mais de sete horas de duração (exibido na tv em cinco capítulos de 1:30h), o documentário é exemplar em mergulhar na figura de O.J. e explorar sua vida desde os anos 60, desde o destaque na universidade, toda sua carreira vitoriosa no futebol americano, a vida como ex-jogador e os escândalos policiais. A contundência do material é de traçar paralelos entre o Juice (seu apelido nacional) com a questão racial, e o comportamento da polícia de Los Angeles.

Via depoimentos de muitas pessoas importantes da vida do personagem, e muito material de arquivo (vídeos, fotos), o diretor traça o momento conturbado que a história reservou a culminar no julgamento de O.J. como um recado de uma população oprimida pelo preconceito. Com a longa duração, há espaço de sobra para ir nos detalhes, partindo do julgamento dos policiais brancos inocentados da barbárie do espancamento filmado contra um negro (Rodney King), que causou grande revolta na população de Los Angeles – e que o advogado de defesa (Johnnie Cochran) apropriou-se para trabalhar na defesa de O.J.

Com o aprofundamento do contexto histórico (negros não acreditando em justiça, manifestações contra a truculência da policia LAPD), e da relação (ou não relação) de O.J. com a cultura negra, não só fica explicita a complexidade do tema, como o grau de urgência que o julgamento da morte da ex-esposa e seu namorado tomaram. Edelman toca num tema espinhoso, vai em busca de depoimentos de promotores e advogados, e esmiúça o que o seriado já havia feito muito bem. Por fim, novo detalhamento da outra ocorrência policial, que levou O.J. à cadeia até hoje. Justiça atrasada ou exagero? Cada um terá sua opinião, mas até lá o documentário já terá feito jus a seu título, provando que O.J. é um produto da América, desde seu sucesso e carisma meteórico, até sua queda ultrajante. Um jogador de talento invejável, mas que sucumbiu ao descontrole (financeiro, comportamental), e perdeu oportunidade de lutar por injustiças, mas que os fatos trataram de potencializar a dicotomia.

os-simpsons-sylvain-chomet A cineasta Sylvain Chomet (As Bicicletas de Belleville) criou uma charmosa versão francesa para a famosa abertura do seriado Os Simpsons [Youtube]

 A polêmica do pós-oscar foi a possível briga entre o diretor Steve McQueen e o roteirista do filme, John Ridley, que estaria brigados e por isso não agradeceram, um ao ooutro, nos discursos do Oscar. Links para o texto que acusa a briga [The Wrap] e outro em que Ridley nega [The Playlist]

 Essa semana foi divulgado do lineup com os filmes que estarão na próxima edição do Festival de Tribeca, em Abril próximo. Quem sabe nesta edição os filmes sejam mais empolgantes! [Indiewire] e também as mostras paralelas [Screen Daily]

 Na próxima quinta estreia Alemão, novo filme de José Eduardo Belmonte, com Cauã Reymond como chefe do tráfico na favela do Alemão, veja o trailer [Youtube]

 Poster salternativos criados por alguns artitas para o novo filme da franquia X-Men [O Capacitador]

 Versão em video baseada no livro 1001 Filmes para Ver Antes de Morrer [Youtube]

 Entrevista com Wes Anderson sobre The Grand Hotel Budapest [Little Wihite Lies]

 Não caio nessa discussão tola de que a TV é melhor que cinema, mas a qualidade de algumas produções vem complementando muito bem o que pode ser visto na telona. Especialmente quando se fala em Serial Killers, a tv cria uma onda de seriados com todos os estilos possíveis. de True Detective e Sherlock até The Killing e Dexter. Mas, brincando com essa disputa entre cinema e tv, Hannibal é um dos novos seriados que tem ganho elogios por todos os lados, e como todo mundo conhece a trilogia do cinema do Dr. Hannibal Lecter, vale uma conferida [Slant Magazine]

O Foguete

Publicado: novembro 5, 2013 em Cinema, Mostra SP
Tags:, ,

ofogueteThe Rocket (2013 – AUS/LAO/TAI) estrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinza

O filme dirigido por Kim Mordaunt possui todos os elementos para arrebatar a maior parcela do público que se considera intelectual, mas, no fundo, se engana facilmente com as mesmices do cinema. Tem crendices regionais, tem pobreza, e um garoto esperto e bonitinho, Ahlo (Sitthiphon Disamoe), que se vira contra o “sistema” e prova não ser o “amaldiçoado” que se esperava (o irmão gêmeo não sobreviveu ao parto, e diz a lenda que no caso de gêmeos, um deles é amaldiçoado).

Os clichês não param por ai, ainda há de surgir um personagem cômico e amalucado, e uma grande competição (de foguetes) onde todos poderão se redimir e solucionar todos os problemas dessa grande “Tragédia Pouca é Bobagem”. Se diviertir com o humor é bem possível, mas cair nesse conto do vigário é muita ingenuidade.