Posts com Tag ‘X-men’

os-simpsons-sylvain-chomet A cineasta Sylvain Chomet (As Bicicletas de Belleville) criou uma charmosa versão francesa para a famosa abertura do seriado Os Simpsons [Youtube]

 A polêmica do pós-oscar foi a possível briga entre o diretor Steve McQueen e o roteirista do filme, John Ridley, que estaria brigados e por isso não agradeceram, um ao ooutro, nos discursos do Oscar. Links para o texto que acusa a briga [The Wrap] e outro em que Ridley nega [The Playlist]

 Essa semana foi divulgado do lineup com os filmes que estarão na próxima edição do Festival de Tribeca, em Abril próximo. Quem sabe nesta edição os filmes sejam mais empolgantes! [Indiewire] e também as mostras paralelas [Screen Daily]

 Na próxima quinta estreia Alemão, novo filme de José Eduardo Belmonte, com Cauã Reymond como chefe do tráfico na favela do Alemão, veja o trailer [Youtube]

 Poster salternativos criados por alguns artitas para o novo filme da franquia X-Men [O Capacitador]

 Versão em video baseada no livro 1001 Filmes para Ver Antes de Morrer [Youtube]

 Entrevista com Wes Anderson sobre The Grand Hotel Budapest [Little Wihite Lies]

 Não caio nessa discussão tola de que a TV é melhor que cinema, mas a qualidade de algumas produções vem complementando muito bem o que pode ser visto na telona. Especialmente quando se fala em Serial Killers, a tv cria uma onda de seriados com todos os estilos possíveis. de True Detective e Sherlock até The Killing e Dexter. Mas, brincando com essa disputa entre cinema e tv, Hannibal é um dos novos seriados que tem ganho elogios por todos os lados, e como todo mundo conhece a trilogia do cinema do Dr. Hannibal Lecter, vale uma conferida [Slant Magazine]

x-menfirstclassX-Men: First Class (2011 – EUA) estrelaestrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinza

É muito competente esse prequel dirigido por Matthew Vaughn, quase tão bom quanto o melhor filme da franquia (X-Men 2). Ele consegue resgatar o início dos personagens, e não só explicar o que todos queriam saber (a rixa Magneto e Xavier, o porquê ele foi parar na cadeira de rodas), mas também definir o ponto de ruptura entre Mutantes e Humanos.

Tudo isso de forma intensa, com boas doses de humor, conflitos próprios entre cada personagem e atuações destacadas de praticamente todo o elenco (principalmente Michael Fassbender e James McAvoy, e também o vilão de Kevin Bacon). E ainda contextos históricos coerentes (Campo de Concentração Nazista, a crise dos misseis em Cuba). Praticamente um anti-farofa dos Vingadores, partindo de princípios parecidos, mas com muito mais história para contar.