Posts com Tag ‘Zoe Kazan’

The Big Sick (2017 – EUA) 

Eis a nova comediazinha romântica indie do momento. A direção é de Michael Showalter, mas o nome que se destaca é mesmo do paquistanês Kumail Najiani que assina o roteiro, e protagoniza o filme, que não deixa de ser parte da história de sua vida. O momento de Uber que tenta a vida como comediante de stand-up e se apaixona por Emily (Zoe Kazan).

Espere por todos os cacoetes do filme fofo, beijos e carinhos, o humor, e as brigas e separação. O combo completo está lá até que ela adoece e a trama toda rumos inesperados. Estão lá os pais da garota com senões para o ex que não-foi-o-par-perfeito, ou a família paquistanesa que tenta acertar o casamento arranjado para o filho. Sobra não só humor  e o clássico choque de culturas, além das doses de arrependimento, mas no fundo algo genuíno que só quem se entrega na história de Kumail pode perceber. Por entre os clichês e a ingenuidade que o filme se estabelece como destaque dentro de suas pretensões pequenas e atuações singelas.

Ruby Sparks (2012 – EUA)

Passou meio em branco o segundo filme dirigido pelo casal, Jonathan Dayton e Valerie Faris, depois do sucesso estrondoso de Pequena Miss Sunshine. E não encontrar a melhor forma de conduzir a fase mais densa (e por isso menos fofa), além de se apegar demasiadamente à cartilha da comédia romântica (paixão, briga, reencontro), podem ser as razões para que o filme tenha passado despercebido.

Se bem que, ele não perde em nada para a maioria dos similares do gênero. Divertidinho, romântico, a namorada perfeita (Zoe Kazan que assina o roteiro) que surge da páginas do livro que Calvin (Paul Dano) está escrevendo, acaba numa síndrome de Efeito Borboleta onde percebemos que por mais que se idealize alguém, em algum momento as coisas podem sair fora daquilo que se considera “mundo perfeito”.